12 setembro 2008

E você, cadê?

Dizem que a gente só passa por essa vida plenamente se tiver um filho, plantar uma árvore e escrever um livro. Filhos, tenho 2 lindos! Minha missão com a natureza está sendo cumprida a contento, pois não vivo sem mexer na terra e em meio a isso muitas plantas e algumas árvores eu já plantei. O livro, bem, este item está em vias realização, prontinho na gaveta, mas esperando por um patrocínio ou verba extra para publicação. Tomara que vire, mas só Deus sabe quando! Enquanto isso não rola, vou dando umas pinceladas aqui no Salada de Frutas. Assim faço jus ao nome do blog e a gente tem De Tudo Um Pouco.

E você, cadê?

Cara de pau, de pedra, peroba, marfim
couro, nobuk, crepom, papelão
chita, seda, cetim
palhaço, otário
estelionatário
de atleta, poeta
pierrô, colombina
de ator, de horror
de menina
socialite, café com chocolate
veado, drag queen
de paisagem, coragem, falsidade
hipocrisia, nevralgia
Hebe (C)amargo
lúcifer, Serafim, querubimde
Xuxa, Tia, Feiticeira
de puta, labuta...
Apenas máscara se vê.
Sobrevida.
A tua, cadê?

Um comentário:

Isabel Cristina disse...

Oi Suzana, obrigada pelo comentário no meu bloquinho. Adorei. E adorei também o seu blog! Da minha parte a única coisa que fiz foi ter uma filha! Quem cuida das plantas lá em casa é meu marido, mas estou aprendendo. Adoro escrever, mas não encaro fazer um livro. Parabéns pelo seu talento! Beijocas